Fátima Bezerra (PT) participou de sabatina na FIERN nesta segunda-feira, dia 22 (Foto: FIERN/Divulgação)

Ao participar nesta segunda-feira, 22, da edição especial do Fórum FIERN Caminhos do RN, a candidata ao governo do Estado, senadora Fátima Bezerra (PT), assegurou que haverá diálogo com os representantes dos setores produtivos, se for eleita na votação do próximo domingo, dia 28 de outubro. “É necessário estreitar os laços com a produção. Já estive aqui [na Casa da Indústria], nesta campanha, e também nas demais entidades empresariais, assim como nas que representam os trabalhadores e os movimentos sociais”, afirmou a candidata.

A senadora destacou que o programa de governo apresentado por ela, nesta eleição, incorpora sugestões do MAIS RN. Ao comentar o diagnóstico feito pelo MAIS RN, a senadora reconheceu a necessidade de o Estado buscar equilíbrio nas contas. “Os seminários temáticos que fizemos para discutir as propostas que apresentamos começou pela discussão do problema fiscal, que precisa ser enfrentado para termos um modelo de desenvolvimento que traga emprego”, disse.

Ela acrescentou que com os apoios conquistados no segundo turno assegura maioria, caso eleita, na Assembleia Legislativa. “Digo isso para ressaltar a governabilidade do meu projeto”, acrescentou a petista, ao citar o apoio do presidente da Assembleia, Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), e de pelo menos metade dos deputados estaduais eleitos, e dois federais – Benes Leocádio (PTC) e Rafael Motta (PSB). “É preciso de união para tirar o Rio Grande do Norte da crise. Nesse momento, a bandeira que nos une é o desafio de tirar o Estado desta situação”, afirmou.