O pai foi detido para prestar esclarecimentos e confessou o crime — Foto: Adneison Severiano/G1 AM

A polícia investiga um caso de estupro sofrido por uma menina de 11 anos em que o pai é apontado como principal suspeito do crime. Durante depoimento neste domingo (21), a vítima relatou que o abuso ocorreu há quatro anos e que a avó já havia sido informada, mas não repassou o caso à polícia. O pai foi detido para prestar esclarecimentos e confessou o crime.

Tanto a vítima, quantos os demais familiares, moram em uma casa situada no bairro Cidade de Deus, Zona Norte de Manaus. Durante um desentendimento na manhã deste domingo, a avó da vítima contou para a mãe que sabia do abuso, ocorrido quando a neta ainda tinha sete anos.

Ao receber a informação, a mãe da menina, de 31 anos, acionou a polícia. Ela, o pai e a vítima foram conduzidos para a Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), na Zona Oeste da capital.

No local, o suspeito confessou o crime à polícia e afirmou que, na época, passou a mão nos seios da menina.

Em depoimento, a vítima afirmou que contou para a avó sobre o abuso, mas que não ela não repassou a informação para a mãe.

A polícia informou que após o depoimento, o pai será liberado, uma vez que não houve flagrante.

Já a vítima passará por exame de corpo de delito e o resultado deve sair em 30 dias. Além do exame, uma análise psicológica será realizada e, em seguida, a menina deve ser encaminhada para uma casa de acolhimento.

Do G1 AM – Colaborou: Samira Benoliel, do Grupo Rede Amazônica