Na foto, feita pelos próprios suspeitos, aparecem Wilhian Bezerra de Lima ('Belo das Mirandas'), o adolescente apreendido em Natal (que não pode ter o rosto divulgado), e mais Aleilson e Luiz Felipe (Lipe), estes dois últimos já presos pela polícia — Foto: Polícia Civil do RN/Divulgação

Por Anderson Barbosa, G1 RN – Ministério Público Estadual denunciou 19 pessoas por envolvimento, direto ou indireto, no assassinato do cabo da Polícia Militar Ildônio José da Silva, de 43 anos – crime ocorrido no dia 16 de agosto na RN-117, entre as cidades de Caraúbas e Governador Dix-Sept Rosado, na região Oeste potiguar. O policial estava a caminho de uma faculdade em Mossoró quando foi identificado pelos bandidos, retirado do veículo, deitado no chão e executado com vários tiros. O último disparo, na cabeça, foi de espingarda calibre 12.

Latrocínio
Segundo a promotoria de Justiça da cidade de Caraúbas, parte dos suspeitos deve responder pelos crimes de latrocínio (roubo seguido de morte) e organização criminosa. O processo já foi remetido ao TJ. Sete pessoas, que ainda são procuradas, então entre os denunciados.

Policial militar Ildonio José da Silva tinha 43 anos — Foto: Reprodução/redes sociais

As investigações foram conduzidas pelos delegados Christiano Othon e Sandro Régis.

CLIQUE AQUI PARA LER A MATÉRIA NA INTEGRA.