Ainda não se sabe o que motivou a matança. Os assassinos fugiram - Reprodução

Seis pessoas foram mortas com tiros na cabeça em uma chacina na Zona Rural do município de Serra do Mel, na Região Oeste potiguar. O crime aconteceu na noite desta terça-feira (16). Um adolescente também foi baleado, mas foi socorrido. Outro homem que estava na casa conseguiu escapar.

De acordo com a Polícia Militar, pelo menos quatro homens armados invadiram a casa, renderam as vítimas e atiraram. Os corpos ainda não foram identificados. Ainda não se sabe o que motivou a matança. Os assassinos fugiram. Essa foi a maior chacina já registrada no interior do Rio Grande do Norte.

As vítimas, cinco homens e uma mulher, bebiam na casa. Os criminosos arrombaram a porta dos fundos da residência e renderam as pessoas. Quando a polícia chegou, quatro corpos foram encontrados do lado de fora da casa, e outros dois dentro do imóvel.

Além dos seis mortos e do adolescente ferido, uma oitava pessoa que estava na casa, conseguiu fugir. Os criminosos teriam levado celulares, dinheiro e uma moto. A área foi isolada para o trabalho da perícia criminal. Cápsulas de armas de dois calibres diferentes foram encontradas na cena do crime. A Polícia Civil vai investigar o caso.

Violência desenfreada
A violência segue desenfreada e batendo recordes negativos no Rio Grande do Norte. O estado alcançou a marca de 900 homicídios registrados somente este ano. A média é de 6,7 assassinatos por dia. Os dados são do Observatório da Violência Letal Intencional (OBVIO) – instituto que contabiliza e analisa os crimes contra a vida no RN.