Antônio Francisco de Góis, de 49 anos, foi a 5ª morte violenta em Caraúbas em 2017 - Foto: Icem Caraúbas

Corpo de um homem de 49 anos foi encontrado com a cabeça esmagada e com o corpo parcialmente queimado, neste domingo (18) em uma estrada vicinal nas proximidades do Motel Fazenda em Caraúbas, na Região Oeste Potiguar. A vítima foi encontrada por volta das 6h20, pela sua esposa, identificada como Deliciana, mais conhecida como “Ana”. Ela encontrou a vítima ao lado de sua motocicleta, uma Pop, de cor preta, placa NNL 776 – Patu.

De acordo com a Polícia Civil, o homem foi identificado como Antônio Francisco de Góis, conhecido como “Patitinho” natural da cidade de Apodi, que é ex-presidiário, estava em liberdade condicional há 47 dias, foi morto na noite do sábado (17), a pedradas e teve a cabeça esmagada e o corpo queimado.

A motivação do crime ainda é desconhecida, no entanto, a Polícia Militar acredita que a ordem para matar o ex presidiário partiu de dentro do Centro de Detenção Provisória de Caraúbas – CDP.

Os familiares que se encontravam no local também não souberam informar a motivação do crime, mas afirmaram que Antônio Francisco de Góis tinha muitos inimigos.

A Polícia Militar está no local aguardando a equipe do Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP-RN), onde os Peritos do Instituto irão analisar o local para as circunstâncias do crime e depois fazer a remoção do corpo para a sede do órgão em Mossoró. O homicídio será investigado pela Delegacia de Polícia Civil, com sede em Caraúbas.

Fonte: Icem Caraúbas