Rosalba em reunião secretários e representante do Banco Mundial

Na manhã desta sexta-feira (3), Governo do RN e uma missão do Banco Mundial participaram de uma reunião no auditório da Governadoria, no Centro Administrativo, para compartilhar experiências e apresentar mais dados sobre os projetos desenvolvidos pelo Programa Semiárido Potiguar (PSP) em regiões de vulnerabilidade e escassez no fornecimento de água à população.

A missão do Banco Mundial contou com a presença de 10 técnicos atuantes em diferentes áreas, que vieram orientar e acompanhar os projetos desenvolvidos no Rio Grande do Norte. Além disso, os profissionais ministraram oficinas e traçaram diretrizes para execução do planejamento que será desenvolvido no estado ao longo de 2012.

A reunião teve a participação da governadora Rosalba Ciarlini, dos secretários de Estado de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (SEMARH), Gilberto Jales, e do Gabinete Civil, Anselmo Carvalho, e de Erwin De Nys, especialista sênior em recursos hídricos do Banco Mundial.

Sobre a visita do grupo ao RN, a governadora declarou a importância dos projetos apoiados pelo Banco Mundial em solo potiguar e ressaltou que o PSP não busca apenas democratizar o acesso à água. “O PSP trabalha com questões relacionadas às bacias hidrográficas, aproveitamento da água, novos sistemas de abastecimentos, mostrando que a água é viva e produz. É necessária a universalização da água, mas também é essencial que ela possa dar sustentabilidade”, disse.

PSP – O Programa Semiárido Potiguar (PSP) é um projeto desenvolvido por meio de um empréstimo do Banco Mundial para o Governo do Estado do Rio Grande do Norte, através da SEMARH, que prevê o investimento de quase 60 milhões de dólares até novembro de 2012 na área de recursos hídricos.