Eliza Clívia, ex-cantora de forró - Reprodução

A mãe da cantora Eliza Clívia, ex-vocalista da Banda Cavaleiros do Forró, que morreu em um acidente nesta sexta-feira, dia 16, em Aracaju, esteve na capital sergipana neste sábado, dia 17, para acompanhar a liberação dos corpos da filha e do genro, o baterista Sérgio Ramos.

“Ela só fez boas obras. Jesus sabe disso, por onde ela passou ela só fazia o bem. Agora os fãs e a família esperam ela na Paraíba para o adeus”, disse a mãe, Lucia de Fátima Rodrigues Maranhão.

De acordo com o G1, o corpo de Eliza foi encaminhado a uma funerária, no Bairro Getúlio Vargas, onde permaneceu aguardando a liberação do corpo de Sérgio pelo Instituto Médico Legal (IML). Na funerária, um grupo de fãs se reuniu para despedir da cantora.

LEIA MAIS:

“Menos uma pecadora”, diz mulher sobre cantora de forró que morreu

Cantora Eliza Clívia, ex-Cavaleiros do Forró, morre em acidente de trânsito

“Estamos chocados. Ainda não acreditamos que ela partiu. Ela era muito querida em Aracaju”, afirmou a professora Paula Letícia Sena.

O corpo de Eliza Clívia foi transportado de carro na noite de ontem para a cidade de Livramento, na Paraíba. Sérgio Ramos será velado na capital João Pessoa.