Ele confessou para a polícia que ele havia estrangulado a companheira (Reprodução)
Uma jovem foi morta por um preso durante uma visita íntima realizada na Penitenciária II de Mirandópolis, no estado de São Paulo. A vítima foi identificada como Ednéia de Paula, de 33 anos que realizava uma visita a seu companheiro. Ela morava na cidade de Atibaia, no interior do estado e foi até a prisão para poder continuar a relação com o namorado.

De acordo com a Polícia Militar ela teria sido morta por enforcamento, uma vez que em seu pescoço existiam vários hematomas compatíveis com o fato. Segundo os agentes penitenciários que atenderam o caso, foi o próprio detendo que chamou os policiais para remover o corpo da cela.

Ele confessou para a polícia que ele havia estrangulado a companheira depois que a mesma relatou que o estaria traindo. Ao receber a notícia de que ela não voltaria mais à prisão, pois havia começado um relacionamento com outro homem o detento perdeu o controle e acabou enforcando a namorada.

O homem foi levado pelos policiais até a delegacia de polícia do município para prestar depoimento pelo crime que cometeu. Um inquérito foi aberto para investigar o caso, e o preso receberá uma adicional de pena pelo assassinato da mulher. Ao foi informado qual seria o motivo do homem estar preso, sabe-se apenas que ele foi transferido há pouco tempo de uma penitenciária da grande São Paulo para Mirandópolis.

Fonte: 365 News