Ele também afirmou que, por enquanto, não vai declarar apoio a ninguém (Foto: © Nacho Doce / Reuters)

NOTÍCIAS AO MINUTO – Flávio Rocha (PRB-SP), que retirou candidatura à Presidência da República, diz que não vai declarar apoio a ninguém, por enquanto, para a sucessão de Michel Temer.

“O gigante ainda não acordou, os 98% que trabalham, que suam a camisa, pagam impostos e puxam a carruagem do governo ainda não acordaram”, afirma ele, que em três meses de pré-campanha não conseguiu passar de 1% da preferência do eleitorado, segundo o Datafolha.

“Lutamos o bom combate, mas não deu. Não vamos insistir numa luta quixotesca. Decidi então liberar o partido [para que apoie outro candidato]”, afirma.

“Eles [integrantes do PRB] foram super firmes, queriam manter a candidatura. Mas nós consideramos que era a hora de liberar o partido e de eu me ausentar”, afirma.