Os donos da casa encaminharam a classificação com gols de Fathi (contra), Cheryshev e Dzyuba (Foto: AFP PHOTO / GABRIEL BOUYS)

A Rússia precisou de 15 minutos para definir uma imponente vitória por 3 a 1 sobre o Egito na tarde desta terça-feira, em São Petersburgo. Comandada pelo centroavante Dzyuba, que ganhou a vaga de titular, os donos da casa encaminharam a classificação com gols de Fathi (contra), Cheryshev e o próprio Dzyuba, todos entre os dois e os 17 minutos do segundo tempo, e agora dependem apenas de empate ou vitória do Uruguai sobre a Arábia Saudita para carimbar a passagem às oitavas de final.

Os egípcios, que descontaram em pênalti sofrido e cobrado pelo craque Mohamed Salah, estão tão eliminados quanto os russos estão classificados. Zerados, eles precisariam que a Arábia Saudita vencesse o Uruguai nesta quarta-feira, além de, na última rodada, derrotar os sauditas, torcer por outro tropeço dos uruguaios contra a Rússia e tirar o saldo de gols que os separa (1 a -4, atualmente).

Na próxima rodada, a última da chave, os russos fecham sua participação diante do Uruguai, na Arena de Samara, às 11h da próxima segunda-feira, dia 25. No mesmo dia e horário, os egípcios enfrentam a seleção da Arábia Saudita, na cidade de Volgogrado.