Pleito para prefeito e vice-prefeito acontece cinco meses após cassação da chapa vencedora em 2016 (Foto: José Cruz/Agência Brasil)

Quase 3,9 mil eleitores devem ir às urnas neste domingo (4) para escolher a nova administração municipal de Paraú, na região Oeste potiguar. O Tribunal Regional Eleitoral marcou para a data as eleições suplementares do município, que acontecem cinco meses após a cassação do então prefeito, Antônio de Narciso (PSD), e da vice-prefeita, Antônia de Oliveira (PR).

Eles foram condenados por abuso de poder econômico na campanha eleitoral de 2016. Agora, duas chapas concorrem ao mandato de prefeito e vice-prefeito. São elas:

11 – Muda Paraú (PP, DEM)

Para prefeita: Maria Olimpia Ferreira Nunes Eufrásio / Para vice-prefeito: Marcio Harlan Maia de Aquino

15 – A Vontade do Povo (PMDB, PSD)

Para prefeito: Flávio Nunes Tertuliano / Para vice-prefeita: Antonia Rozineide Peixoto de Medeiros

Votação

Estão aptos a votar aqueles eleitores que já estavam inscritos no TRE até o dia 04/10/2017 e fizeram o cadastramento biométrico. Ao todos, são 3.857 pessoas divididas em 19 seções que funcionarão em três locais de votação, das 8h às 17h:

• Escola Estadual Luiz Gondim: Rua Padre Amaro, nº 27 – Seções: 126, 127 e 128

•  Escola Municipal de 1º grau Padre Amaro: Rua Alferes Tonho, nº 448 – Seções: 129, 130, 131, 132, 133, 134, 135, 136, 137 e 138

•  Escola Estadual Silvestre Veras Barbosa: Rua Alferes Tonho, nº 706 – Seções: 139, 140, 141, 142, 143 e 144

E-título

Esta será a primeira eleição do Rio Grande do Norte na qual os eleitores poderão utilizar o aplicativo ‘e-título’ para fazer a identificação na seção eleitoral. O aplicativo é gratuito e pode ser baixado em qualquer Smartphone, através da loja correspondente.