O grupo Vila Galé possui 27 hotéis, sendo 20 deles em Portugal e sete no Brasil (Foto: Divulgação/ASSECOM-RN)

Mais oportunidades de emprego e renda foram criadas a partir da agilidade do Governo do Estado em liberar licenças ambientais para a instalação de novas empresas no RN. Desta vez, os frutos estão sendo colhidos através da construção do hotel Vila Galé, em Touros, a cerca de 80 km da capital. A nova unidade hoteleira, que faz parte da maior rede de resorts do país está com as obras adiantadas e tem previsão de abertura para setembro de 2018.

Para suprir a demanda do grande empreendimento, a rede abriu 400 vagas de trabalho, distribuídas nos mais diversos departamentos do hotel e incluem posições no setor de alimentação e bebidas, cozinha, padaria, pastelaria, governança, limpeza, almoxarifado, spa, recreação, hospedagem, manutenção, dentre outras. Os interessados deverão cadastrar seu currículo no site da rede Vila Galé http://emprego.vilagale.com/send.

“Este é o resultado do esforço de nosso governo em atrair novas empresas para o Rio Grande do Norte. A licença ambiental do empreendimento foi liberada em tempo recorde pela equipe do IDEMA e também estamos investindo na melhoria da infraestrutura da região. Empreendimentos como esse são importantes para movimentar a economia e turismo do Estado, suprir a demanda por serviços, além de oferecer oportunidades de emprego e renda para a população local”, ressaltou o governador Robinson Faria.

Além desses empregos diretos, as obras estão sendo são executadas por uma construtora potiguar e a maior parte do material é adquirido no comércio do Estado. O hotel, que deverá ser o maior do RN, contará com 514 unidades habitacionais, seis restaurantes, quatro bares, piscinas exteriores e interiores, além de um Centro de Convenções de 2 mil m², com capacidade para até 1.200 pessoas. O investimento da rede é de R$ 150 milhões.

O presidente do grupo Vila Galé, Jorge Rebelo de Almeida, explicou que a construção foi possível graças ao apoio e segurança jurídica oferecidos pelo Governo do Estado. “Escolhemos o Rio Grande do Norte porque encontramos melhores condições para implantar o projeto, além de acreditar no grande potencial turístico da região. O estado tem uma beleza única, com paisagens naturais exuberantes”, destacou Almeida.

Ainda de acordo com o presidente, o grupo está priorizando profissionais do município de Touros para trabalhar no resort. “Temos essa preocupação em interagir com a comunidade local. Por isso, pedimos a parceria de instituições para também ajudar na formação dos novos profissionais”.

Sobre o Vila Galé

A rede é um dos principais grupos hoteleiros de Portugal e integra o ranking das 207 maiores empresas hoteleiras no mundo. O Vila Galé de Touros será a 8ª unidade do grupo no Brasil. Ao todo, o grupo possui 27 hotéis, sendo 20 deles em Portugal e sete no Brasil.