O corpo da mulher foi encontrado por seu filho (Foto: © Imagem veemente ilustrativa)

EFE – Uma mulher de 42 anos se eletrocutou na banheira da sua casa em Moscou, na Rússia, quando o celular com o qual tentava tirar uma selfie escapou das suas mãos e caiu na água, informaram nesta segunda-feira, 19, veículos da imprensa russa.

“Podia passar horas tomando banho. Com um livro, com vinho ou velas”, assegura o meio “Mash”, que, no entanto não detalhou como se pôde averiguar que a vítima tentava fazer uma selfie no momento da tragédia.

O corpo da mulher foi encontrado por seu filho, que quebrou a porta do banheiro depois que sua mãe estava há várias horas sem dar sinais de vida. Segundo o “Mash”, o jovem encontrou sua mãe prostrada na banheira, com o telefone sobre seu peito e conectado à rede elétrica.

A morte, que aconteceu no dia 7 de fevereiro, é pelo menos a terceira que acontece em Moscou em circunstâncias idênticas. Em meados de fevereiro, um jovem de 17 anos se eletrocutou na banheira quando um tablet conectado à tomada caiu de suas mãos. No início deste mês, uma menina de 12 anos perdeu a vida na banheira quando seu telefone caiu, também ligado à corrente elétrica.