Técnica em enfermagem foi morta a tiros no centro da cidade de Sousa, na Paraíba (Foto: Reprodução/TV Paraíba)

Um homem foi preso nesta quarta-feira (7) suspeito de matar a sobrinha na cidade de Sousa, no Sertão paraibano. O crime ocorreu na última segunda-feira (5) em um escritório, no Centro da cidade. Segundo a Polícia Civil, o tio tinha relacionamento amoroso com a sobrinha e foi apontado como o principal suspeito.

De acordo com a Polícia Civil, o homem foi preso na tarde desta quarta-feira. Ele estava escondido embaixo de uma placa de concreto do canal do perímetro irrigado das várzeas de Sousa. O caso está sendo investigado pelo delegado da Polícia Civil, Vicente Honório.

Até 18h20 (horário local) o suspeito continuava sendo ouvido na delegacia de Polícia Civil de Sousa. O delegado confirmou que o suspeito tinha um relacionamento amoroso com a sobrinha e que o caso é investigado como feminicídio.

A vítima foi uma técnica em enfermagem de 28 anos. Na tarde da segunda-feira, ela estava em um escritório, no Centro de Sousa, quando o suspeito teria entrado no local e atirado várias vezes contra ela.

Depois do crime, o suspeito fugiu em uma moto, que foi encontrada abandonada no mesmo dia. A vítima chegou a ser socorrida e levada para o Hospital Regional de Sousa, mas não resistiu e morreu.

Do G1 PB