Ceiflador já tem condições de jogo e pode ser relacionado para enfrentar o Nova Iguaçu (Foto: Gilvan de Souza Flamengo)

O atacante Henrique Dourado, de 28 anos, foi apresentado nesta quinta-feira, no Ninho do Urubu, como novo reforço do Flamengo. Ele, que vestirá a camisa 19, chega para ser titular do ataque, tendo em vista que Guerrero ainda cumpre suspensão por doping. Dourado já tem condições de jogo (teve o nome publicado no BID da CBF) e pode ser relacionado para o jogo contra o Nova Iguaçu, no domingo, pelo Campeonato Carioca.

“Apresento a vocês o Ceiflador… Era uma demanda nossa… Finalmente conseguimos. Foi um jogador que esteve nos nossos planos quatro anos atrás. Monitoramos ele desde que jogava na Portuguesa. Finalmente esse sonho está se concretizando hoje. Tenho certeza que a torcida do Flamengo será muito feliz”, disse o presidente Eduardo Bandeira de Mello.

“Estou muito feliz e quero trazer muitas alegrias à Nação…”, afirmou Dourado, em suas primeiras palavras como jogador do Flamengo.

“Quero agradecer aos torcedores que têm me recebido de forma muito especial. Espero corresponder à altura”, acrescentou.

Dourado não quis fazer a sua comemoração característica na entrevista coletiva.

“Prefiro fazer quando marcar um gol”, disse ele.

E disse ter gostado do apelido Ceiflador.

“O meu celular não parou, cara… Foi muito legal”, disse Ceifa.

O Ceifador chegou ao Ninho por volta das 16h. O primeiro contato de Dourado foi com o técnico Paulo César Carpegiani. Posteriormente, ele conheceu os novos companheiros e as instalações do CT. Em seguida, passou por testes físicos.

Para ficar com 75% dos direitos de Dourado, o Flamengo pagará R$ 11,5 milhões de forma parcelada. O Fluminense, clube pelo qual o jogador atuava, ficará com a maior parte deste valor. O Ceifador assinou com o Rubro-Negro até dezembro de 2021.

Além de Dourado, o Flamengo também contratou o atacante colombiano Marlos Moreno e o goleiro Julio Cesar.

Do Extra