Ex-senador e ex-governador do RN, Geraldo Melo (Foto: José Aldenir/Agora Imagens)

Após o assunto ganhar repercussão nas redes sociais, o ex-senador e ex-governador Geraldo Melo se pronunciou na sexta-feira, 26, sobre o fato de uma empresa da qual ele foi dono até 2009 ter uma dívida de mais de R$ 125 milhões com o Estado.

De acordo com Geraldo, a empresa não mais lhe pertence, portanto, a dívida não é sua. “Quem não tem o que dizer de mim fica procurando esses fatos. A Companhia Açucareira Vale do Ceará-Mirim foi vendida em março de 2009. Se, depois disso, o proprietário não teve capacidade de gestão, eu não tenho nada a ver com isso. Não tenho obrigação com essa dívida”, argumentou.

O ex-governador também negou que haja uma disputa judicial sobre o assunto. De acordo com Geraldo, o único processo existente é um litígio quanto à venda da própria empresa. “Não existe esse processo que estão falando. O único processo que existe é um litígio entre ele [empresário cearense que assumiu a empresa] para eu receber o dinheiro da usina. Estão inventando uma história”, concluiu.

Do Portal Agora RN