Sargento André Mário Dantas Siqueira, de 40 anos, trabalhava na Companhia Independente de Policiamento de Guardas (Foto: Arquivo Pessoal)
Um sargento da PM foi morto e outras duas pessoas baleadas durante uma festa na madrugada desta segunda-feira (15) em São Gonçalo do Amarante, cidade da Grande Natal.
Segundo a assessoria de comunicação da Polícia Militar, André Mário Dantas Siqueira, de 40 anos, trabalhava na Companhia Independente de Policiamento de Guardas. Ninguém foi preso.
Ainda de acordo com a PM, o crime aconteceu por volta de 1h40 no bairro Golandim, onde acontecia a festa. Um grupo de criminosos passou atirando no meio da multidão, André Dantas foi atingido e morreu no local.
Os outros dois feridos foram socorridos, mas a polícia não soube informar o estado de saúde deles.
Em nota, o comando da PM lamentou a morte do sargento, que tinha 18 anos de corporação.
“A instituição policial militar lamenta a perda desse bravo policial, que dedicou dezoito anos de sua vida a defender a sociedade potiguar. A Polícia Militar se compadece com a perda deste nobre e honrado policial militar, que jurou proteger a sociedade norte-riograndense, mesmo com o risco da própria vida, orgulhando seus amigos, familiares e corporação”.
Local da festa onde o PM foi assassinado (Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi)
Fim de semana violento
O fim de semana foi violento no Rio Grande do Norte. Segundo o Observatório da Violência Letal Intencional (OBVIO) – instituto que contabiliza e analisa crimes contra a vida – 28 pessoas foram assassinadas somente neste final de semana.
Foram nove homicídios na sexta (12), quinze no sábado (13) e outros quatro no domingo (14).
Ainda de acordo com o OBVIO, as cidades onde os crimes aconteceram são:
  • Mossoró: 5
  • São Miguel do Gostoso: 4
  • Natal: 4
  • São Gonçalo do Amarante: 3
  • Nísia Floresta: 2
  • Pau dos Ferros: 2
  • Ceará-Mirim: 2
  • Patu: 2
  • João Câmara: 1
  • Macaíba: 1
  • Areia Branca: 1
  • São Bento do Norte: 1
No acumulado do ano, ainda segundo o OBVIO, já foram registrados 81 homicídios no estado.